top of page

As dores do crescimento - Coluna #3 JC

Quando alguém se dispõe a empreender, há sempre uma forte expectativa de crescimento, criando-se, inclusive, sonhos a serem realizados com o resultado desta expansão.


Ao mesmo tempo que temos muitos empreendedores querendo isto para seus empreendimentos, também temos alguns outros que lembram com carinho e saudade de quando suas empresas eram menores, tendo menos problemas e o lucro que sobrava era maior.


Mas o crescimento não é bom e o lucro fica menor com o crescimento?


Sobre este assunto, podemos afirmar que quando uma empresa cresce de forma organizada, com todos seus processos bem definidos e com controles do que pode acontecer é menos difícil já que o planejamento prévio permite a preparação para as novas etapas.


Lembro de uma implantação do sistema que foi feita em um cliente, onde tínhamos a convicção que teríamos ganhos expressivos, para o cliente, pois, o fluxo de trabalho que estava gerando a cada novo cliente, gerava mais trabalho e fazia os empreendedores pensarem em várias “soluções”, menos na automatização de processos para a parte mais importante que era o faturamento mensal.


O faturamento desta empresa necessitava da dedicação de três profissionais durante mais de um dia de trabalho, onde uma pessoa gerava as Notas Fiscais, outra os boletos e uma terceira enviava tudo para o cliente.


O processo não estava errado, o faturamento precisa ser feito, o que estava errado era o tempo que era dedicado a isto, um trabalho manual que poderia ser empregado muito bem em outras atividades que a empresa necessitava.


Após a implantação o processo não leva mais que algumas horas de uma única pessoa, sem falar na rastreabilidade e segurança que um sistema de gestão permite.


Por inúmeras vezes vimos empreendedores alocando diversas pessoas para que pudessem atender às rotinas que demandam tempo, sem se dar conta que estas poderiam ser otimizadas com a implantação de um sistema, podendo alocar esta nova mão de obra em assuntos que trouxessem mais resultados.


Em outro caso, há alguns anos, o que nos marcou era que, com o crescimento do faturamento, o empreendedor se obrigou a colocar uma pessoa de confiança só para emitir os boletos no sistema bancário e efetuar as baixas dos pagamentos realizados. Com a implantação do sistema e a automatização deste processo, este colaborador que tinha profundo conhecimento financeiro ficou com tempo para criar um setor novo na empresa, que era de análise de crédito, que tanto era sonhado mas que os custos de toda operação não permitiam.


Atualmente este cliente tem um processo de análise de crédito bem definido e tem números de inadimplência muito menores que outros concorrentes do setor, isto é, hoje a empresa pode crescer ainda mais pois suas rotinas estão bem definidas e o crescimento não necessariamente vai gerar dificuldades e falta de rentabilidade, pelo contrário, quanto mais cresce, melhor é a lucratividade.


Entendo que o correto para que o crescimento possa ajudar e não atrapalhar é criar os processos bem definidos, ter rotinas automatizadas, um bom planejamento onde o céu é o limite.

Comments


bottom of page