top of page

Convite Especial - Coluna #9 JC

Olá, que bom ver você novamente por aqui para batermos um papo, gostaria de convidá-lo para a nossa Semana Contábil. Já está sabendo? Não? Então peço licença para explicar um pouco deste evento que estamos preparando com muito carinho para as empresas e seus parceiros contábeis.


Será uma semana inteira com conteúdos voltados para a área contábil, com Podcasts, Live e materiais complementares, os quais iremos abordar temas como:


  • Atualizações legais e a importância de manter atualizada as informações;

  • Desvendando os “PAFS”: ECF, NFC-E, DAF e Código GTIN;

  • Bloco K e sua simplificação;

  • Malha Fiscal;

  • Simplicidade do sistema para parametrização;

  • O cenário atual e a evolução da profissão contábil com tendências para 2023;

  • Principais aspectos da gestão tributária e mudanças no SPED.


A proposta é levar você a navegar em temas que impactam diretamente com o seu dia a dia, além de trazer a reflexão da importância do parceiro contábil para o crescimento da empresa.


É do conhecimento da maioria dos empresários, que existem obrigações fiscais e contábeis exigidas pelo FISCO Municipal, Estadual e Nacional. Diante disso, trago as seguintes questões a sua reflexão:


  • A sua empresa está preparada para atender a todas estas exigências?

  • O seu parceiro contábil já automatizou a busca das informações da sua empresa para poder cumprir com todas as obrigações?

  • Você está a par das mudanças que virão pela frente?


Independentemente da sua resposta, a Semana Contábil tem como objetivo trazer um pouco de luz sobre essas questões.


Cada vez mais a tecnologia está inserida no nosso cotidiano e muitas vezes nem percebemos isso. Da mesma forma, ao longo do tempo o FISCO também veio para a era digital, aperfeiçoando o cruzamento de informações entre as declarações entregues.


Um exemplo prático desta evolução é o projeto SPED (Sistema Público de Escrituração Digital). Criado em 2007, foi responsável por automatizar e porque não dizer regrar o mercado quanto a emissão de notas fiscais, conhecimentos de transporte, além da entrega do resultado fiscal e contábil da empresa através da Escrituração Fiscal Digital (EFD) e Escrituração Contábil Digital (ECD).


Essa transformação digital possibilitou ao FISCO um controle mais apurado das operações dos contribuintes e ajudou a disciplinar o mercado quanto a algumas práticas que iam contra a uma concorrência leal entre empresas do mesmo segmento.


É importante destacar também que, com a transformação digital, veio também a necessidade das empresas migrarem para este mundo. Isso foi importante pois fez com que houvesse inovação no mercado, além do olhar mais crítico por parte do empresário em seu negócio para repensar seus processos internos, buscar um software qualificado para atender a todas essas mudanças e um parceiro contábil que ajude nessa caminhada.


Diante tudo isso, reforço o convite, neste link, para que você se inscreva na nossa Semana Contábil. Venha participar desta imersão no conhecimento.

Comentarios


bottom of page