top of page

Como grandes líderes inspiram ações?

Certamente você deve saber que líderes inspiram ações, sejam elas boas ou ruins. Se você é um líder, pode-se perceber que as suas ações inspiram e direcionam seus colaboradores ou, você como um funcionário, claramente já se inspirou no seu líder para realizar alguma demanda.


A Apple, por exemplo, é uma empresa multinacional que tem no seu objetivo a criação e comercialização de produtos eletrônicos, visando o consumo das pessoas. A marca é líder no segmento e inspira diversas pessoas com a sua história e, principalmente, pela motivação na criação das soluções.


Existe um TED (bem famoso por sinal) em que Simon Sinek explica a influência que a marca Apple tem na decisão de compra das pessoas. Mas como assim uma marca pode influenciar na decisão de compra de tantas pessoas? Simples, porque as pessoas não compram o que você faz, mas compram pelo porquê de você fazer determinado produto ou serviço.


Como já havíamos comentado, a marca cria soluções tecnológicas como celulares, computadores, tablets, etc , mas muitas outras marcas criam as mesmas soluções, criam o mesmo tipo de produto e que por vezes pode ser ainda mais avançado que a Apple, mas as pessoas se identificam com a marca e com o motivo pelo qual a empresa lança os produtos.


Ter um motivo para fazer, desde as pequenas até as mais complexas coisas, é fundamental e é nesse ponto em que eu gostaria de chegar.


Como estão os lançamentos de produtos ou serviços na sua empresa? No que você está focando? Você pensa mais em apenas lançar produtos novos no mercado ou se preocupa em posicionar sua marca e mostrar o sentido pelo qual faz determinada coisa?


Não estou dizendo que você não pode focar no seu produto ou serviço, mas precisa também mostrar para as pessoas com o que a sua empresa se identifica, o que ela busca, o que ela promove, com que visões ela se encaixa e assim em diante.


Então, sim, grandes líderes influenciam - E MUITO - nas decisões de compra, seja a marca de um produto ou serviço ou até mesmo pessoas que trabalham como influenciadores digitais. Pessoas e marcas possuem muita influência tanto no mundo digital quanto fora dele.


Em algumas pesquisas recentes, pode-se entender que grande parte dos consumidores procuram produtos nos quais eles se identificam, seja pela narrativa, pela história da marca ou do influenciador, assim em diante e, olhando por essa perspectiva, fica ainda mais evidente a necessidade de uma empresa criar uma narrativa ou então, deixar tudo um pouco mais humanizado.


Está na hora de “mexer os pauzinhos” na sua empresa e fazer uma análise geral de como estão sendo comunicados os lançamentos, as atividades internas e etc. Um trabalho de autoavaliação parece ser uma maneira de começar, não acha? ;)

Comments


bottom of page